Transitar recoloca 63 % dos seus candidatos no mercado de trabalho.

TRANSITAR, especialista em processos de transição de carreira (Outplacement), alcançou em 2018 uma taxa global de sucesso de 63% na recolocação dos seus candidatos no mercado de trabalho.

Entre os candidatos recolocados, 68% encontraram uma colocação por conta de outrem e 32% criaram o seu próprio negócio. O tempo médio de recolocação situou-se nos 6,3 meses, um ligeiro agravamento face aos 5,8 do ano de 2017. Este rácio reflete uma confirmação da melhoria do ambiente económico de Portugal face aos anos recessivos anteriores a 2017, e a robustez da dinâmica no mercado de emprego.
Finalmente, atendendo à distribuição dos candidatos que frequentaram o programa por género e por faixa etária, 41% do género feminino e 59% do masculino, 60% tinham uma idade inferior a 45 anos e 40% superior. A taxa de recolocação do género feminino foi de 59% e a do masculino de 69%.

A taxa de sucesso situou-se nos 52% para os candidatos seniores (com idade superior a 45 anos) e 71% para os juniores (com idade inferior a 45 anos).
Se o ano de 2017 anunciou uma forte inversão na tendência de deterioração dos nossos rácios de performance, 2018 traduz-se pela estabilização em valores robustos da maioria dos mesmos rácios, o que nos assegura alguma segurança.